Tratamento de Cáries

SAIBA COMO SE PREVINE A CÁRIE DENTÁRIA

A Placa Bacteriana
É a massa que se forma sobre os dentes a partir da saliva, habitada por um elevado número de bactérias orais, que se multiplicam. É uma estrutura que adere aos dentes, onde se encontram bactérias que fazem parte da nossa flora oral (vivem permanentemente na boca).

As bactérias da placa bacteriana produzem ácidos que destroem o esmalte dentário e provocam as cáries dentárias. Os ácidos são o resultado da fermentação dos alimentos de elevado teor em hidratos de carbono e açucares.

A cárie deve ser tratada logo que é detectada, quando ainda não existe cavidade, o que possibilita um tratamento com técnicas muito simples e sem dor.

PREVENÇÃO DAS CÁRIES DENTÁRIAS
Previne-se fazendo uma higiene oral diária correcta.
Use uma escova, dentífrico e técnica de escovagem adequadas e aconselhadas pelo seu técnico de saúde. Deve reduzir a ingestão de açúcares.
Nas crianças o técnico de saúde pode colocar selantes de fissuras (verniz fluoretado que liberta flúor a longo prazo, prevenindo desta forma a cárie.)

FASE INICIAL DA CÁRIE DENTÁRIA
Descobre-se na sua fase inicial, onde apenas o esmalte está destruído e não provoca dor entre os dentes, só podem ser identificadas pelo dentista.

FASE AVANÇADA DA CÁRIE DENTÁRIA
Numa fase avançada, cárie profunda, existe a destruição do esmalte e da dentina, com formação de uma cavidade no dente. Nesta altura pode haver dor ao frio ou quente e com alimentos doces.
Numa fase muito avançada cárie em estado avançado, atinge vasos e nervos, a destruição do dente atinge a polpa, existe dor dando muitas vezes origem a um abcesso que se não for tratado poderá evoluir para granuloma e consequentemente quisto.